VISCONDE DE MAUÁ | ROTEIRO DE 3 DIAS

DESTINOS , ROTEIROS | 74 | 1 | 09/03/2020

Depois de quase 8 anos viajando somente com as crianças resolvemos tirar um tempinho só para nós dois. Foi então que decidimos o destino baseado em algumas pesquisas do tipo: viagens para casal =)

Visconde de Mauá nos empolgou por ser um lugar de muita natureza, paz e por ser "perto" de casa (caso a saudade batesse muito forte poderíamos voltar e pegar nossos filhos).

Escolhemos a Pousada Recanto da Serra para ficarmos 3 dias e 2 noites.

Gostamos muito da localização, bem perto da Alameda Gastronômica de Maringá (lado de Minas Gerais) e do serviço oferecido pela pousada.

Ficamos no chalé África - impecável, lindo, confortável, com sauna seca, lareira, ofurô, banheira de hidromassagem, TV, entre outras coisas.

O café da manhã é servido no conforto do seu quarto. No primeiro dia o café vem completo, com todas as opções disponíveis na pousada + uma comanda para que você assinale o que deseja comer e o que não deseja nos próximos dias de hospedagem, evitando assim o desperdício de comida. Nós achamos incrível esse idéia!

Super indicamos a pousada e já estamos ansiosos para voltar e desfrutar um pouco mais daquela paz!

Para maiores informações CLIQUE AQUI


NOSSO ROTEIRO DE 3 DIAS:


DIA 1 - PENEDO + PEDRA SONORA + POUSADA + ALAMEDA GASTRONÔMICA DE MARINGÁ (LADO MG).


Saímos do RJ em direção a Penedo e levamos cerca de 2h30m.

- Penedo: Fizemos um mini tour pela cidade, que é conhecida como a pequena Finlândia, e almoçamos no restaurante Casa da Picanha. Comida deliciosa, porém, não é barata.

No centrinho de Penedo você vai encontrar muitas lojinhas de artesanato, chocolates, queijos e bebidas (licor, vinho, cachaça).

O point para tirar lindas fotos é a rua decorada com guardas chuva e a casa do Papai Noel.

- Pedra Sonora: No caminho entre Penedo e Visconde de Mauá você vai avistar uma entrada para Serrinha do Alambari, local muito bonito, mas que não conseguimos conhecer por causa do mau tempo na região. Chegamos próximo ao local de acesso, mas moradores locais nos aconselharam a não seguir adiante e como a gente sempre respeita e leva em consideração aos conselhos dos moradores locais resolvemos retornar para estrada e seguir viagem até nossa pousada. Porém, num erro de percurso acabamos chegando na Pedra Sonora, um ponto turístico simples, mas interessante. Na placa está escrito “Segundo a lenda, aquele que bater na pedra provocando a emissão do seu som característico, se livra de acontecimentos trágicos pelo resto de sua vida.” Na dúvida, batemos nela! Quem não quer uma sorte dessas? Hahahahaha

- Pousada: após o check-in, feito com muita dedicação e simpatia pelo Cleyton, pudemos descansar e aproveitar um pouco do nosso encantador chalé África.

- Alameda Gastronômica (lado de MG): em nossa primeira noite optamos por comer um delicioso fondue de carne e de queijo na Casa do Fondue.

Como estava chuviscando e a rua bem vazia resolvemos voltar para pousada e aproveitar um pouco da lareira do nosso quarto.


DIA 2 - VALE DO ALCANTILADO + ALAMEDA GASTRONOMICA (LADO RJ) + CENTRO DE VISCONDE DE MAUÁ.


- Após o café da manhã, servido no nosso chalé, pegamos o carro e partimos pra nossa primeira aventura nas trilhas e cachoeiras do Vale do Alcantilado.

A estrada não é das melhores, mas o passeio vale cada "perrengue".

- A trilha tem início numa propriedade particular e para entrar pagamos cerca de R$ 20,00 (não me recordo do valor exato). No local existe uma mini lanchonete e um banheiro. O estacionamento é grátis.

- O local é muito bonito! Logo no começo avistamos uma família de patos, vimos vacas e bois, um galo muito exuberante e muuuuuitas borboletas, das mais variadas cores.

São 11 atrações no total, incluindo 1 mirante, 2 poços, 1 pequena gruta e 7 cachoeiras (pequenas, médias e grandes).

- Em poucos metros já é possível se refrescar no primeiro poço. A água estava uma delícia! 

- Seguindo a trilha começa aparecer as primeiras quedas d`água, uma mais bonita que a outra.

Grande parte da trilha é de fácil acesso e/ou de nível moderado para fácil. 

Encontramos vários trechos com corrimão de aço e terreno com escadas para facilitar a subida.

Toda extensão da trilha é muito bem conservada e limpa. É visível que o valor pago na entrada é revertido em manutenção do local.

Durante o percurso é possível ver lindas paisagens!

- Caminhamos cerca de 1 hora, porém é possível fazer toda a trilha em bem menos tempo. 

Fomos devagar, apreciando todo o trajeto, tirando fotos e ainda incluímos uma pequena pausa para comer umas frutinhas que levamos na mochila.

- O final da trilha é a grande cachoeira do Alcantilado. Linda demais, pena que nessa não é possível mergulhar.

A vista lá do alto é maravilhosa e dá para ver boa parte do vale. Ficamos encantados!

- O retorno é super tranquilo e levamos menos de meia hora para descer quase tudo. 

Resolvemos parar e ficar um pouco "de molho" num dos primeiros poços da trilha. É um local gostoso e de fácil acesso. A água estava super refrescante e a paz daquele lugar nos convidava a ficar o resto do dia por lá, mas como ainda tínhamos muito a conhecer... partimos do vale e seguimos explorando a região.

- Saindo do Vale do Alcantilado fomos dar uma voltinha no centro de Visconde de Mauá, passeamos um pouco por lá, observamos o rio e fomos num mercadinho local, mas confesso que achamos o centro sem muitos atrativos e, por esse motivo, resolvemos almoçar mais próximo da nossa pousada.

- Depois de algumas pesquisas no TripAdvisor sobre onde comer decidimos almoçar no Zucchine Ristorante, que fica em Maringá (lado do RJ), e só posso dizer uma coisa: não deixe de experimentar suas delícias!! 

O restaurante é simplesmente maravilhoso, a comida é divina e a vista para o rio (que divide os Estados do RJ e o de Minas) é liiiinda demais! 

Espero voltar outras vezes para saborear outros pratos!

- Após o almoço passeamos pelo centrinho de Maringá (RJ), compramos alguns produtos artesanais locais (queijos, doces e bebidas) e fomos para "casa". Já estava quase anoitecendo.

- Chegando em nosso chalé aproveitamos para relaxar, alternando entre ofurô, banheira de hidromassagem e sauna seca. Depois de um longo dia explorando a região merecemos esse momento spa!

Nosso jantar também foi no chalé. Fizemos um "queijos e vinhos" adaptado: sem vinho, mas com coca cola e cerveja.  hahahahaha


DIA 3 - POÇÃO DA MAROMBA + CACHOEIRA VÉU DA NOIVA + CACHOEIRA DO ESCORREGA + CACHOEIRA DE SANTA CLARA + VOLTA PARA CASA.


- Acordamos bem cedo, como costumamos fazer em nossas viagens, tomamos nosso café da manhã especial - mais uma vez servido em nosso chalé com muito carinho e capricho - nos arrumamos, colocamos as malas no carro, fizemos checkout e partimos para mais algumas horas de exploração.

- Seguimos em direção a vizinha Maromba, mais um local de muita beleza e atrativos naturais.

- Nossa primeira parada do dia foi o Poção da Maromba. Um lugar muito bonito, de fácil acesso e para os corajosos um bom atrativo, já que no local existe uma pedra com cerca de 7 a 8 metros de altura (até o nível da água) onde os aventureiros costumam saltar pra dentro do poção.

 - Em seguida conhecemos a Cachoeira Véu da Noiva. Bonita e de fácil acesso, uns 2 minutinhos de trilha. 

- Depois foi a vez de conhecer a famosa Cachoeira do Escorrega, na minha opinião a mais legal de todas, apesar de não ter tido coragem de descer nela! hahahahaha 

Son, ao contrário de mim, não perdeu tempo e se aventurou nela - me deixando com o coração apertado de medo e preocupação! Amo cachoeira, mas temo muito a força e os mistérios da natureza!

Ele se divertiu bastante descendo pelo grande escorrega formado pela pedra e eu me refresquei nas águas do poço abaixo.

E para quem curte um artesanato, no local tem umas vendinhas. Comprei 2 pulseiras e 1 brinco lindo, feitos com pedras da região.

- E nossa última parada foi a Cachoeira de Santa Clara. Também de fácil acesso, porém, para estacionar é bem ruim.

Achamos essa cachoeira um bom lugar para passar o dia e para quem tem crianças. Não entramos nela porque tínhamos acabado de trocar de roupa para seguir viagem de volta para casa, mas gostamos bastante do local.

- E depois de explorar bastante a natureza da Região de Visconde de Mauá, Maringá e Maromba nossa viagem chegou ao fim! 

Juntamos nossas malas, pegamos nosso carro (comemos no caminho) e retornamos ao nosso querido lar!

E assim foi mais uma maravilhosa e inesquecível viagem! 


Gostou do nosso post? Compartilha em suas redes sociais, mande para seus amigos e familiares. Ajude o nosso blog a alcançar mais viajantes!

[POR MAIS ROTAS E MENOS ROTINA!]


Foto - Cachoeira do Escorrega

VISCONDE DE MAUÁ | ROTEIRO DE 3 DIAS - 2
Compartilhe:

Comentários

Escreva um comentário antes de enviar

Houve um erro ao enviar comentário, tente novamente

Por favor, digite seu nome
Por favor, digite seu e-mail
viajandocomvida
viajandocomvidaAh esses cantinhos paradisíacos! 😍😍
pousadarecantodaserra
pousadarecantodaserra😍👏
entre_malas_e_mamadeiras
entre_malas_e_mamadeiras#entremalasemamadeiras #viscondedemaua #turismobrasil #trilheiros #trilheirosdobrasil #trilha #cachoeira #cachu #natureza #nature #viajandopelobrasil #viajandopelomundo #turismorj #turismomg #viajarfazbem
flaviarbt
flaviarbtMeu filho vai nas trilhas conosco e cada vez mais aumentam os desafios. Ele adora 😍😍
margaretesimone
margaretesimoneSaudades de vocês!!!👏👏👏👏👏👏👏
fran.c.sousa.cruz
fran.c.sousa.cruzAmo esse lugar!!!❤️
tatisatomi
tatisatomiMeu quintal...amo este lugar ♥️
Deyse
DeyseQuero voltar logo a Visconde de Mauá e desfrutar mais do local. Adorei a duca de hospedagem. ❤
Chama no Whats
Chama no Whats

entremalasemamadeiras

online

Olá, como posso ajudar?